Phuket

 

Ohhh; quão bela e quão injustiçada é Phuket!

São muitas as pessoas que não recomendam passar uns dias na ilha; dizem que ela deveria ser usada, no máximo, como porta de entrada para outras ilhas do sul, como Ko Phi Phi e Phang Na bay.

Na minha opinião, isso é uma injustiça sem tamanho. Phuket é uma das ilhas mais lindas da Tailândia, com praias paradisíacas, cachoeiras, uma grande herança cultural portuguesa e chinesa, culinária requintada, muito agito (para quem está procurando agito), e muito sossego (para quem está procurando sossego). Em outras palavras, Phuket é um paraíso com opções para todos os gostos; como deixar um paraíso desses de fora?

O que acontece, muitas vezes, é que a pessoa desembarca no aeroporto de Phuket e vai direto para o píer de onde saem os barcos para as outras ilhas. Esse trajeto, do aeroporto ao píer, é feito percorrendo uma grande rodovia, e tudo que a pessoa vê de Phuket é isso: o aeroporto, uma rodovia de alta velocidade, e o píer (que fica em uma praia não muito legal). Ou seja: a pessoa não viu praticamente nada da ilha, mas mesmo assim assume que “a ilha não vale a pena”. Seria mais ou menos o equivalente que pegar uma pessoa que acabou de desembarcar no Aeroporto do Galeão e levá-la diretamente à Rodoviária Novo Rio, passando pela Maré e São Cristóvão; dá para a pessoa julgar o Rio de Janeiro, com base no que ela iria ver nesse trajeto?

Phuket é a maior ilha da Tailândia, ligada à parte continental do país pela Sarasin Bridge. Localizada no sul do país, no mar de Andamão, a ilha é abençoada com uma exuberante vegetação, águas cristalinas e praias de areia branca e macia, rodeadas por coqueiros (não é à toa que Phuket ficou conhecida como a “Pérola do Andamão”).

A ilha tem sido uma região próspera desde o século XVIII e continua sendo a província mais rica da Tailândia. No passado, suas vastas reservas de estanho atraíram comerciantes do mundo inteiro, e a ilha se tornou um grande porto comercial; a influência chinesa e portuguesa ainda estão presentes e pode ser claramente observada em suas ruas, em sua arquitetura. A longa história da ilha moldou a Phuket do presente, com seus diversos grupos étnicos, cultura, influência arquitetônica, e requintada culinária. Esses atributos fizeram de Phuket um destino turístico completo, que tem muito mais a oferecer, além de suas belezas naturais, mar, areia, florestas e locais de mergulho de renome mundial.

Hoje, contudo, o que gera dinheiro em Phuket é o turismo, com um fluxo anual de turistas que chega aos 5 milhões. O grande desenvolvimento turístico, sem controle, tem deixado suas marcas, é verdade. Mas apesar disso, a ilha conseguiu manter seu charme, encantos, beleza e algumas praias quase que isoladas.

Patong/Karon/Kata é o trio de praias mais conhecidas.
Patong é a praia mais lotada e ultra turística, onde o desenvolvimento foi desenfreado. É o ponto de ferveção, o centro da vida noturna da ilha, com muitos go-go bars e prostituição. Por todos os lados que se olha, o que se vê são hotéis (muitos são de luxo), agências de turismo e lojas de souvenirs. A poluição sonora e visual (principalmente à noite) é incrível. Eu sempre fujo de me hospedar em lugares assim, mas acho que vale muito a pena conhecer, principalmente durante o dia, quando dá para aproveitar um pouco da praia.

phuket tailandia
Apesar de ser a praia mais frenética de Phuket, Patong tem seu charme e beleza.

Karon beach é um espetáculo. Ainda me lembro de quando vi a cor da água em Karon pela primeira vez, e do quão maravilhada fiquei. O clima aqui é um pouco mais tranquilo que Patong, mas sendo uma das praias mais famosas de Phuket, é bem mais comercial e menos intimista do que as praias menores.

praias de phuket
Karon beach; apaixonada pela cor desse mar…

Kata beach é outra opção menos frenética que Patong, sendo dividida em duas partes: Ao Kata Yai (Baía de Kata Grande) e Ao Kata Noi (Baía de Kata Pequena). Kata Yai fica a poucos minutos de carro (ou scooter) de Karon. Kata Noi, como o nome sugere, é menor e dá uma ideia de mais isolada, mas também recebe muitos turistas.

Mencionadas as três praias principais, é preciso dizer que Phuket é um destino que precisa ser explorado, para ser melhor compreendido e para que muitas de suas belezas possam ser aproveitadas. Os cenários são encantadores, com algumas estradas praticamente isoladas passando por regiões montanhosas cobertas por uma vegetação exuberante.

melhores praias phuket
Uma praia praticamente deserta, que descobri em Phuket…

 

phuket tailandia
Engana-se quem pensa que Phuket é só ferveção…

 

melhores praias phuket
Uma das praias mais lindas de Phuket, onde o mar e a vegetação se integram em perfeita harmonia.

O melhor de Phuket fica longe de Patong. A ilha ainda reserva várias praias maravilhosas, pequenas, de água cristalina, e praticamente isoladas, como a… 

 

Quer saber mais? O conteúdo completo desta matéria está disponível no Guia Tailândia. Adquira já o seu!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *