Massagem tailandesa

 

Combinando elementos de yoga, pressão e movimentos vigorosos, esta é uma excelente maneira de se revigorar após as longas horas de voo, e se recuperar do jet lag. Ou simplesmente, pode ser encarada como uma forma relaxante de terminar o dia.

Mas para começar, esqueça qualquer pré-conceito que você possa ter sobre o assunto. Diferentemente do que muitos de nós, ocidentais, pensamos quando o assunto é massagem tailandesa, essa é uma técnica que faz parte da medicina tradicional tailandesa, e é utilizada pelo povo local, de todos os níveis sociais, para tratar diferentes condições de saúde, como resfriado, febre e tensão muscular. Acredita-se que sessões regulares tragam inúmeros benefícios, como aumento da flexibilidade muscular, melhora da circulação e auxílio no processo de desintoxicação natural do organismo

As massagens podem ser bem vigorosas, a ponto de causar dor momentânea e desconforto em alguns (tudo vai depender do seu grau de tolerância). Se for o caso, basta pedir ao massagista que aplique menos força (eles usam o peso do próprio corpo para torná-la mais ou menos vigorosa). Na massagem tradicional, caso você opte pelo serviço no corpo todo, você estará usando um roupão. A massagem é “a seco”, não sendo aplicado nenhum tipo de creme ou óleo. 

massagem tailandesa
Massagem tailandesa…

As casas de massagem estão espalhadas por toda a cidade, por cada esquina, e quase todos os hotéis oferecem esse serviço. Elas atendem a todos os bolsos e orçamentos, e contrariando um pouco o ditado que diz “você recebe aquilo pelo qual você paga”, nem sempre o local mais caro é o melhor. Aliás, muitos dos spas oferecidos por hotéis luxuosos são frequentados principalmente por turistas, e a massagem pode acabar saindo em uma versão bem mais light do que a tradicional. Eu particularmente prefiro uma experiência mais autêntica, e costumo frequentar os lugares que também sejam frequentados pelos tailandeses.

Os spas dos hotéis mais badalados geralmente podem ser frequentados por não hóspedes, mas em geral, é preciso fazer reserva. Os demais, espalhados por quase toda esquina da cidade, em geral não necessitam de reserva, embora os mais frequentados pelo povo local precisem sim.

Seguem, abaixo, alguns dos melhores locais de Bangkok para uma experiência autêntica…


Quer saber mais? O conteúdo completo desta matéria está disponível no Guia Tailândia. Adquira já o seu!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *